Caixa informa que pagou hoje Cerca de R$ 1,5 bilhão em auxílios emergenciais

Receba Vagas de Emprego pelo

A Caixa já pagou aos trabalhadores cerca de R $ 1,5 bilhão em emergências nesta quinta-feira, segundo informações do banco. A Dataprev identificou 5,7 milhões de beneficiários entre as pessoas registradas no CadÚnico, e aqueles que possuem uma conta na Caixa ou no Banco do Brasil ainda recebem hoje os R $ 600 em auxílio.

Segundo informações do banco, o benefício já foi creditado com uma economia de 2.150.497 clientes da Caixa e outros 436.078 lançamentos feitos pelo Banco do Brasil nesta quinta-feira. Os primeiros pagamentos incluem brasileiros que já estavam registrados no Registro Único de programas sociais, mas não receberam o Bolsa Família. Esses trabalhadores, já “conhecidos” pelo governo, tiveram suas análises de renda e perfil processadas automaticamente pelo Dataprev.

As primeiras transferências estão sendo feitas para quem já possui uma conta na Caixa ou no Banco do Brasil. Clientes de outros bancos ou aqueles que não possuem uma conta recebem uma poupança digital da Caixa. A Caixa abre automaticamente a economia digital para 3.113.356 brasileiros que aceitam receber ou receber ajuda de emergência e exibem crédito nessas contas na próxima terça-feira, 14.

Nesse modo, será possível transferir dinheiro gratuitamente para outra conta ou efetuar pagamentos. Os levantamentos em dinheiro ainda não serão possíveis, para os quais a Caixa ainda divulgará um cronograma.

“Uma caixa iluminada que não é necessária para administrar agências ou casas lotéricas para acessar recursos de ajuda de emergência”, diz o banco.

 

AVISO IMPORTANTE: Nunca pague qualquer quantia para participar de um processo para que seja selecionado. Não compre nenhum curso, apostilas ou serviços que prometem participação na seleção ou contratação de uma vaga. E nunca insira dados bancários, cartões ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não reconhecem. Não nos responsabilizamos por nenhum tipo de pagamento efetuado. 
DENUNCIAR VAGA