Wilson Faz pedido para o envio da Força Nacional no Amazonas – URGENTE

Anúncio foi feito pelo próprio governador por meio das redes sociais

Receba Vagas de Emprego pelo

O governador do Estado do Amazonas, Sr. Wilson Lima, formalizou na noite de ontem Domingo (6) pedido de ajuda ao Ministério da Justiça para enviar a Força Nacional para atuar no Amazonas. O pedido foi anunciado pelo próprio governador por meio das suas redes sociais, na manhã de hoje Segunda-Feira(7).

“Objetivo é que reforcem o trabalho das forças de segurança do Estado, que atuam no combate aos atos de vandalismo que têm acontecido nas últimas horas”, destacou Wilson Lima.

Ontem a noite formalizei pedido ao Ministério da Justiça para o envio de homens da Força Nacional ao Amazonas. O objetivo é que reforcem o trabalho das forças de segurança do Estado, que atuam no combate aos atos de vandalismo que têm acontecido nas últimas horas.

— Wilson Lima (@wilsonlimaAM) June 7, 2021

A onda de atentados Começou  neste domingo (6), também foi registrada em algumas cidades do interior do Amazonas. Parintins, Manacapuru e Careiro Castanho foram alguns municípios que também sofreram ataques.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) informou que os ataques foram ordenados de dentro de um presídio da capital do amazonas, e acontecem em represália pela morte de um traficante.

Madrugada de Segunda-Feira 

Manaus viveu mais uma noite de violência na madrugada desta segunda dia (7). Uma Unidade Básica de Saúde (UBS), o prédio do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) e um caixa eletrônico, localizado em uma praça, foram incendiados por criminosos. No Centro de Manaus, o principal  alvo dos criminosos foi o prédio do 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP) em Manaus

AVISO IMPORTANTE: Nunca pague qualquer quantia para participar de um processo para que seja selecionado. Não compre nenhum curso, apostilas ou serviços que prometem participação na seleção ou contratação de uma vaga. E nunca insira dados bancários, cartões ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não reconhecem. Não nos responsabilizamos por nenhum tipo de pagamento efetuado. 
DENUNCIAR VAGA