Governo Oferece Bolsa de qualificação de R$ 1.334,98 a R$ 1.911,84 para trabalhadores do setor de combustíveis

Governo do Estado, por meio da Setemp, viabiliza bolsa de qualificação para trabalhadores do setor de combustíveis

Receba Vagas de Emprego pelo Nossos Grupos

WhatsApp  Telegram

   

A Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), que administra o Sistema Nacional de Emprego (Sine/AM), iniciou em janeiro um requerimento para habilitação do seguro-desemprego e qualificação por meio de cursos on-line para 150 trabalhadores do setor de combustíveis, mediante um acordo coletivo entre sindicato, empregados e empregadores. Durante o período da suspensão do contrato de trabalho, os trabalhadores terão ajuda compensatória mensal, sem natureza salarial, proporcional ao rendimento, deduzindo-se o valor do Seguro-Desemprego a ser pago pelo Governo, de modo a auxiliar na subsistência deles e de suas famílias.

A requisição do acordo foi feita pelo setor de Seguro Desemprego da Setemp, em uma força-tarefa para atender os trabalhadores. Dos 150 colaboradores que participaram do acordo coletivo, somente 75 foram beneficiados, por terem a quantidade de meses e salários requerida para habilitação, tendo o contrato de trabalho suspenso pelo período em que durar o regime. Cada funcionário receberá uma quantia específica denominada bolsa qualificação pelo período de três meses, a contar desta sexta-feira (12/02), podendo ser prorrogado. Os valores das parcelas giram em torno de R$ 1.334,98 a R$ 1.911,84.

De acordo com a titular da Setemp, Neila Azrak, a iniciativa partiu da necessidade de enfrentamento à pandemia de Covid-19, evitando assim as demissões em massa. “Estamos vivendo um momento atípico no estado, e esse acordo garante a substituição dos salários de forma legal, garantindo além das parcelas do seguro-desemprego, qualificação através dos cursos que serão oferecidos”, destacou.

Entre os trabalhadores beneficiados estão as funções de: frentista diurno e noturno, vigia, gerente, caixa, pessoal de escritório, lavador, enxugador, lubrificador, encarregado, chefe de pista, borracheiro, recepcionista, atendente, vendedor, caixa, promotor de vendas, repositor de mercadorias, faxineiro, padeiro e confeiteiro, com abrangência territorial no estado do Amazonas.

Durante a suspensão do contrato de trabalho, serão mantidos todos os benefícios concedidos até o presente momento pela empresa. Os 75 trabalhadores beneficiados, deverão participar de curso profissionalizante básico de NR20, que será ministrado on-line, com carga horária de 240 horas, por três meses, sendo quatro horas/aula por dia.

AVISO IMPORTANTE: Nunca pague qualquer quantia para participar de um processo para que seja selecionado. Não compre nenhum curso, apostilas ou serviços que prometem participação na seleção ou contratação de uma vaga. E nunca insira dados bancários, cartões ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não reconhecem. Não nos responsabilizamos por nenhum tipo de pagamento efetuado. 
DENUNCIAR VAGA