Auxílio de R$ 200 para 50 mil famílias do Amazonas – Veja como receber

O governo do Amazonas entregará 50.000 cartões com R $ 200 dedicados a alimentos básicos, limpeza e higiene pessoal para pessoas em extrema vulnerabilidade social. O objetivo da ação é auxiliar na manutenção da renda das famílias afetadas pela pandemia de covid-19 no estado.

Serão entregues 25 mil cartões às famílias de Manaus e outro para a população das cidades do interior. O cartão pode ser usado em comerciais comerciais com um banner ‘ValeCard’. Segundo o governo da AM, todas as cidades do estado têm registros registrados com uma bandeira.

“Os recursos desse cartão são do próprio estado do Amazonas, não tem nada a ver com R $ 600 do governo federal”, destacou Wilson Lima durante o anúncio do programa ‘Apoio ao Cidadão’ nesta sexta-feira (17). O programa faz parte de um pacote de medidas para combater o progresso da crise econômica desencadeada pela pandemia da covid-19.

Até o momento, o estado registrou mais de 1.700 casos e 18 novas mortes causadas pela doença.

Entrega 

“Os correios entregaram os cartões. Chegam com uma senha para desbloquear. É necessário ligar para um número que será disponibilizado, um número gratuito”, explica Rodrigo dos Santos, coordenador da Unidade de Gestão Integrada.

Para o interior, a entrega será diferenciada e liderada pelos prefeitos dos municípios. “A associação dos municípios distribuirá os cartões no campo, juntamente com os prefeitos, para garantir uma entrega mais rápida”, acrescenta Rodrigo.

Os cartões iniciados já estão distribuídos na próxima semana. O objetivo do governo da AM é expandir uma rede social de pessoas em extrema vulnerabilidade.

AVISO IMPORTANTE: Nunca pague qualquer quantia para participar de um processo para que seja selecionado. Não compre nenhum curso, apostilas ou serviços que prometem participação na seleção ou contratação de uma vaga. E nunca insira dados bancários, cartões ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não reconhecem. Não nos responsabilizamos por nenhum tipo de pagamento efetuado. 
DENUNCIAR VAGA