1ª Fábrica Indiana de Motocicletas Deve Gerar mais de 200 Novos Empregos no PIM

Manaus

A Bajaj do Brasil Comércio de Motocicletas inaugurou sua fábrica nesta terça-feira (25/6), no bairro Tarumã, na zona oeste de Manaus, gerando quase 150 postos de trabalho diretas e indiretas.

O governador Wilson Lima destacou que a instalação da empresa indiana Bajaj do Brasil Comércio de Motocicletas deve fortalecer o fomento de mais empregos no Estado do Amazonas. A inauguração ocorreu nesta terça-feira (25/06), no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. A estimativa é que sejam gerados 200 empregos diretos e indiretos.

“É uma honra ter mais uma empresa e mais um empreendimento em nossa região porque cumpre o papel social e ambiental. E a geração de emprego significa um compromisso com o povo que mora na Amazônia. Ações e atitudes como da empresa Bajaj, que escolheu a Amazônia, vai contribuir com a população do nosso estado”, afirmou o governador.

A empresa é um dos projetos de implantação aprovados na 303ª reunião do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), em 2023. A fábrica, com os incentivos fiscais do Estado, tem capacidade de produzir 20 mil motocicletas por mês. A Bajaj é uma companhia que possui mais de 40 empresas e 36 mil funcionários. De origem indiana, a empresa é a terceira maior fabricante de motocicletas do mundo.

“O nosso compromisso número um é com Brasil; com a sociedade e com as pessoas que trabalham conosco. Temos uma perspectiva muito boa para o futuro aqui na Amazônia e queremos continuar sendo uma empresa progressiva”, disse Rakesh Sharma, Executive Director da Bajaj Auto Limited.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Serafim Corrêa, destacou o crescimento da produção industrial no estado. “É mais uma empresa do ramo de duas rodas que vem se juntar a outras em Manaus. A Bajaj está gerando empregos, e isso demonstra a vitalidade do Polo Industrial de Manaus, que vem gerando mais empregos, impostos e crescimento econômico”, disse.

Fábricas de origem indiana no PIM

Com a instalação da Bajaj do Brasil Comércio de Motocicletas Ltda, o Polo Industrial de Manaus (PIM) ganha a segunda empresa de origem indiana. A primeira é a K R R Comércio e Indústria de Aço e Ferro Ltda, que está em operação desde 2017. A fábrica possui 117 postos de trabalho e produz estruturas de ferro e aço para construção civil, além de peças metálicas para fins industriais.

Empregos 

De acordo com levantamentos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e dados da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), entre janeiro e março de 2024, o PIM alcançou um faturamento de 9,5 bilhões de dólares, representando um crescimento de 10,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Neste cenário, o setor de duas rodas tem se destacado e retornado ao seu patamar histórico de produção, sendo impulsionado principalmente pelas motocicletas.

Na última reunião do Codam, realizada neste mês de junho, foram aprovados R$ 698 milhões em investimento para o PIM. A Yamaha Motor da Amazônia se destacou com um investimento previsto de R$ 13,9 milhões em um projeto de diversificação, voltado para a produção de motonetas elétricas, resultando na criação de 147 novos empregos.

Serafim Corrêa, secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), ressaltou a importância da Bajaj para o Polo Industrial de Manaus: “A Bajaj se junta a outras empresas no setor de duas rodas, mostrando a vitalidade do PIM em gerar empregos e impulsionar o crescimento econômico.”

A empresa, reconhecida globalmente como a terceira maior fabricante de motocicletas do mundo, representa um investimento significativo na região. Com a Bajaj, o Polo Industrial de Manaus agora abriga duas fábricas de origem indiana, evidenciando um movimento de expansão e diversificação no setor industrial da região.

⚠️AVISO IMPORTANTE: Nunca pague qualquer quantia para participar de um processo para que seja selecionado. Não compre nenhum curso, apostilas ou serviços que prometem participação na seleção ou contratação de uma vaga. E nunca insira dados bancários, cartões ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não reconhecem. Não nos responsabilizamos por nenhum tipo de pagamento efetuado. 
DENUNCIAR VAGA